This content is not available in your region

Síria: Grupo Internacional de Apoio prepara ajuda humanitária imediata

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Síria: Grupo Internacional de Apoio prepara ajuda humanitária imediata

<p>Depois em Munique se ter alcançado um acordo parcial para a paz na Síria, representantes do Grupo Internacional de Apoio reúnem-se esta sexta-feira, em Genebra, sob os comandos da <span class="caps">ONU</span>, para preparar o apoio humanitário a implementar de imediato.</p> <p>Já a espécie de cessar fogo deve entrar em vigor dentro de uma semana. O acordo foi obtido após cinco horas no encontro do Grupo Internacional de Apoio para a Síria que reuniu Estados Unidos, Rússia, Arábia Saudita e Irão, entre 17 nações.</p> <p>O secretário-geral da <span class="caps">NATO</span>, Jens Stoltenberg, já esta sexta-feira, garantiu que “a crise dos migrantes e refugiados na Europa foi alimentada pela guerra na Síria e por isso congratulo-me com o acordo a que se chegou aqui em Munique na última noite. Agora o importante é a implementação. Queremos ver este acordo transposto para a realidade no terreno”.</p> <p>A Rússia, um dos protagonistas destas negociações, deixou claro que os bombardeamentos russos não vão ser interrompidos porque o combate aos grupos terroristas Estado Islâmico e a Frente al Nusra (Al Qaeda na Síria) não foi suspenso. </p> <p>A guerra síria já matou mais de meio milhão de pessoas e provocou milhões de deslocados e de refugiados.<br /> As organizações não-governamentais que estão no terreno colocam fala, de um cenário mais negro: no cinco anos de guerra, 470 mil pessoas morreram e mais de 10 milhões tornaram-se deslocados, dentro e fora da Síria.</p>