Última hora

Última hora

Cameron de visita surpresa a Paris três dias antes da cimeira sobre o "Brexit"

O encontro desta segunda-feira entre o primeiro-ministro britânico e Francois Hollande não sanou as diferenças que opõem Londres e Paris sobre um

Em leitura:

Cameron de visita surpresa a Paris três dias antes da cimeira sobre o "Brexit"

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro desta segunda-feira entre o primeiro-ministro britânico e Francois Hollande não sanou as diferenças que opõem Londres e Paris sobre um “Brexit”.

David Cameron faz uma visita de surpresa que foi anunciada por Londres antes mesmo de de ser confirmado pela Presidência francesa.

Este encontro surge depois da reunião mantida com a chanceler alemã Angela Merkel, na sexta-feira.

Pouco antes da chegada de David Cameron a Paris, Donald Tusk, o presidente do Conselho Europeu, tinha aumentado a pressão com declarações a partir de Bucareste de que a UE se encontrava num momento crítico.

“Este é um momento crítico. É natural nas negociações que as posicões possam endurecer à medida que nos aproximamos de uma decisão, mas o risco é que este processo é realmente muito frágil. O que for quebrado não pode ser reparado. “

A três dias de uma importante cimeira europeia, na quinta e sexta-feira em Bruxelas Donald Tusk, está em ronda oficial para defender sua proposta e evitar a saída do Reino Unido.
Londres quer renegociar os termos de sua adesão à UE.

Cameron busca um acordo com os outros países do bloco para reescrever as relações do Reino Unido com os 28 países em questões como o direito ao sistema social para imigrantes e as relações entre a zona do euro e a UE como um todo.

Bruxelas defende que nenhum acordo deve atrapalhar a capacidade da zona do euro em tomar decisões em caso de crise financeira nem dar ao Reino Unido poder de veto sobre as decisões da união monetária.

Paris também diz que qualquer mudança não pode violar os princípios fundadores da UE, como a liberdade de movimento.