Última hora

Em leitura:

Síria: Assad diz que não há condições para cessar-fogo


Alemanha

Síria: Assad diz que não há condições para cessar-fogo

Bashar Al-Assad diz que não há condições para aplicar o cessar-fogo proposto pelas grandes potências para a Síria. Durante uma alocução em Damasco, o presidente sírio considerou “difícil” de imaginar a implementação de uma trégua que deve, em teoria, entrar em vigor até ao fim desta semana.

Assad: “Até ao momento, ouvimo-los pedir um cessar-fogo no prazo de uma semana. Mas quem é capaz de reunir todas as condições no espaço de uma semana? Ninguém. Quem falará com os terroristas, se uma organização terrorista recusar aderir à trégua? Quem é que os responsabilizará?”

Assad aproveitou também a ocasião para retirar importância à ameaça da Turquia e da Arábia Saudita de avançarem com uma incursão militar na Síria.

Assad: “Eles estão simplesmente a seguir ordens. O seu papel atual é tentar chantagear-nos, se formos para uma nova ronda de negociações, e ameaçar-nos com uma invasão terrestre, se não oferecermos concessões. Se lhes fosse permitido fazê-lo, já o teriam feito há muito tempo, pelo menos há vários meses.”

As declarações de Assad coincidiram com a visita surpresa a Damasco do enviado especial da ONU para a Síria. Staffan de Mistura deverá reunir-se esta terça-feira nomeadamente com o chefe da diplomacia síria, para tentar resgatar o esforço de paz, no meio de uma nova espiral de violência.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Cameron de visita surpresa a Paris três dias antes da cimeira sobre o "Brexit"