Última hora

Última hora

Papa insta líderes de todo o mundo a abolirem a pena de morte

O papa Francisco lançou o apelo para que nenhuma pena de morte seja executada durante a celebração do Jubileu Extraordinário, que decorre até 20 de

Em leitura:

Papa insta líderes de todo o mundo a abolirem a pena de morte

Tamanho do texto Aa Aa

O papa Francisco lançou o apelo para que nenhuma pena de morte seja executada durante a celebração do Jubileu Extraordinário, que decorre até 20 de novembro, e apelou à comunidade internacional para que se coloque um fim à pena de morte.

Foi perante milhares de fiéis que se juntaram na Praça de São Pedro para a habitual oração dominical do Angelus, que Francisco defendeu “o direito inviolável à vida”.

“O mandamento” não matarás “tem valor absoluto e aplica-se tanto a inocentes como a culpados. Até os criminosos têm o direito inviolável à vida, uma dádiva de Deus,” afirmou o papa Francisco.

Segundo dados da Amnistia Internacional, em julho de 2015, 101 países tinham abolido a pena de morte para todos os crimes. Em 2014, pelo menos 22 países em todo o mundo levaram a cabo execuções. Pelo menos 2466 pessoas foram condenadas à morte no mundo em 2014, 28% a mais que em 2013.