This content is not available in your region

Brasil: Operação Lava Jato cada vez mais próxima de Dilma

Access to the comments Comentários
De  Dulce Dias  com Folha de São Paulo, Globo, EBC Agência Brasil, EFE
Brasil: Operação Lava Jato cada vez mais próxima de Dilma

<p>A polícia brasileira lançou a 23.ª fase da operação Lava Jato. Na linha de mira está agora o publicitário João Santana – responsável pelas campanhas de Dilma Russeff e de Lula da Silva.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-partner="tweetdeck"><p lang="pt" dir="ltr"><span class="caps">LULA</span> pode ter deixando Brasil nesta madrugada ao saber da 23º Operação Lava-Jato <a href="https://t.co/no9gJOdEMB">https://t.co/no9gJOdEMB</a></p>— Nilton Carvalho (@seusensor) <a href="https://twitter.com/seusensor/status/701766359806558209">February 22, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Santana, que se encontra na República Dominicana, onde prepara a reeleição do presidente Danilo Medina, tem um mandado de captura contra si.</p> <p>Nesta operação, está novamente em causa a Odebrecht. A construtora civil é acusada de fazer parte de um grupo de empresas que fraudavam licitações da Petrobras e mantinham, há anos, um esquema de corrupção na companhia estatal.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-partner="tweetdeck"><p lang="pt" dir="ltr">Offshores da Odebrecht pagaram US$ 3 milhões a João Santana, diz PF <a href="https://t.co/BLP8dHUOqU">https://t.co/BLP8dHUOqU</a></p>— <span class="caps">TYSM</span> <span class="caps">SEBASTIAN</span> <span class="caps">ILY</span> ✨ (@fifthrm) <a href="https://twitter.com/fifthrm/status/701766966688743424">February 22, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Esta operação – chamada Acarajé, em alusão ao termo utilizado por alguns dos investigados para falar de dinheiro líquido – visa também o engenheiro Zwi Skornicki, citado por delatores como operador do esquema na Petrobras.</p> <p>Cerca de 300 polícias cumprem 51 mandados judiciais – 38 de busca e apreensão, seis de prisão temporária e cinco de condução coercitiva – em três Estados.</p>