Última hora

Última hora

Macedónia impede a passagem de migrantes afegãos

Macedónia fechou a fronteira aos migrantes afegãos. A revelação feita pelas autoridades gregas este domingo. A iniciativa da Macedónia está a

Em leitura:

Macedónia impede a passagem de migrantes afegãos

Tamanho do texto Aa Aa

Macedónia fechou a fronteira aos migrantes afegãos.

A revelação feita pelas autoridades gregas este domingo. A iniciativa da Macedónia está a retardar a admissão de refugiados e a fazer com que muitas pessoas fiquem retidas na fronteira comum.

Apenas sírios e iraquianos, devidamente documentados, podem atravessar a fronteira da Macedónia.

“Todos os dias, centenas de pessoas da Síria e do Iraque atravessam esta fronteira, mas não deixam os afegãos atravessar a fronteira,” afirma um migrante afegão impossibilitado de seguir o seu caminho rumo à Europa Ocidental

Mais de 1000 refugiados afegãos estão retidos na Grécia e Macedónia.

A Macedónia recusou deixar passar os afegãos porque a Sérvia tomou a mesma decisão e as autoridades temiam que os migrantes ficassem retidos no país.

Por seu lado, a Sérvia afirma que a decisão de bloquear os refugiados do Afeganistão foi feita pela Áustria e Eslovénia.

O ministro do Trabalho sérvio, Aleksandar Vulin, afirmou, este domingo, que “todos se podem deslocar de acordo com as regras estabelecidas pela Áustria e Eslovénia.”

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, criticou a decisão da Áustria de admitir apenas 80 migrantes por dia e deixar passar apenas 3.200 em trânsito para outros países, nomeadamente a Alemanha.