Última hora

Última hora

Bloqueados na Grécia, migrantes forçam entrada na Macedónia

Aumenta de dia para dia o caos na fronteira entre a Grécia e a Macedónia, com centenas de migrantes a forçar as barreiras. Imagens de ambos os lados

Em leitura:

Bloqueados na Grécia, migrantes forçam entrada na Macedónia

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta de dia para dia o caos na fronteira entre a Grécia e a Macedónia, com centenas de migrantes a forçar as barreiras.

Imagens de ambos os lados da fronteira, mostram os migrantes que tentam passar de Idomeni para Gevgelija, com a polícia macedónia a expulsá-los e a polícia grega a tentar metê-los em autocarros, de regresso a Atenas.

Entre estes migrantes há muitos afegãos e as autoridades da Macedónia decidiram, como outros países da região, impedir a entrada aos afegãos. Em consequência desta decisão, a Grécia vê-se a braços com milhares de migrantes bloqueados no seu território e uma crise humanitária que adquire proporções dramáticas.

Dois afegãos que se recusam a regressar a Atenas dizem que querem continuar viagem pois não têm dinheiro nem comida e se regressasem ao Afeganistão, seriam mortos. Perguntam porque razão não fecharam a fronteira turca e os deixaram entrar na Grécia.

O ministério dos Negócios Estrangeiros macedónio explicou na segunda-feira que o objetivo não era encerrar a fronteira com a Grécia mas autorizar a passagem unicamente aos migrantes cuja situação lhes permite requerer o estatuto de refugiados na União Europeia.

De acordo com as estatísticas oficiais do ministério do Interior da Macedónia, nas últimas 24 heures, 773 migrantes foram autorizados a entrar no país, vindos da Grécia: 611 sírios, 160 iraquianos, e dois afegãos.