This content is not available in your region

Dinamarca prolonga controlo fronteiriço com a Alemanha

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Dinamarca prolonga controlo fronteiriço com a Alemanha

<p>A Dinamarca vai manter até dia 4 de março os controlos fronteiriços com a Alemanha.</p> <p>O controlo de fronteira é uma excepção no acordo de Schengen e foi introduzido no início do ano. Visa refrear a solicitação de asilo por parte dos migrantes que continuam, através da entrada pela Grécia, a dirigir-se para a Europa do Norte.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">The <a href="https://twitter.com/hashtag/Schengen?src=hash">#Schengen</a> Rules Explained: <a href="https://t.co/iXavD2a6h3">https://t.co/iXavD2a6h3</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/RefugeeCrisis?src=hash">#RefugeeCrisis</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/migrationEU?src=hash">#migrationEU</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/migration?src=hash">#migration</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/euco?src=hash">#euco</a> <a href="https://t.co/BHUckjfw1a">pic.twitter.com/BHUckjfw1a</a></p>— European Commission (@EU_Commission) <a href="https://twitter.com/EU_Commission/status/697413654791241728">February 10, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Em Berlim, o ministro alemão do interior, Thomas de Maizière, e o homólogo sueco, Morgan Johansson, trocaram ideias sobre a crise de refugiados.</p> <p>No final, Maizière afirmou-se agradado com a proposta de Bruxelas: “Até agora, o sistemático controlo das fronteiras Schengen estava proibido. Se se quisesse fazer isso, era necessário um processo especial de consulta. A proposta da Comissão Europeia face ao terrorismo sugere que estes controlos sistemáticos devem tornar-se uma regra e que se podem fazer excepções em certos casos. Isto é um ponto importante e nós apoiamo-lo.”</p> <p>A Comissão Europeia sugere que esta alteração vigore durante os próximos dois anos. </p> <p><a href="https://www.bertelsmann-stiftung.de/en/home/">Um estudo mostra que o colapso da zona Schengen pode custar mais de um trilhão de euros</a> à União Europeia nos próximos dez anos.</p>