Última hora

Última hora

EUA: Biden pede desculpas ao México pelas declarações de Trump

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou a “perigosa” retórica do pré-candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, contra os

Em leitura:

EUA: Biden pede desculpas ao México pelas declarações de Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou a “perigosa” retórica do pré-candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, contra os mexicanos. Durante uma visita ao México e sem se referir diretamente a Trump, Biden garantiu que os Estados Unidos são “uma nação de imigrantes” e que o México “é um parceiro essencial”.

O vice-presidente dos EUA disse mesmo que era “obrigado a pedir desculpa pelo que tem sido dito por alguns políticos sobre o México e sobre os mexicanos. É o calor da campanha mas quero que saibam que a retórica usada por alguns candidatos à presidência não representa a maioria dos norte-americanos”.

Um esclarecimento feito na terceira ronda do chamado encontro do Diálogo Económico de Alto Nível entre ambos países. De acordo com o departamento de Comércio norte-americano, as trocas comerciais entre EUA e México chegam aos 500 mil milhões de dólares por ano.

Desde que arrancou com a campanha presidencial, o milionário Trump tem feito muitas críticas latino-americanos e, sobretudo, aos mexicanos. Chegou a classificá-los como traficantes de droga, criminosos e violadores.
Na última semana o republicano voltou a fazer declarações polémicas. O republicano afirmou que “o México está a matar-nos na fronteira. Na fronteira e nos negócios. O México está a matar-nos!. Vamos construir um muro. Vamos construir um muro e quem é que o vai pagar? O México”.

Donald Trump tem garantido também que vai expulsar todos os imigrantes mexicanos que estejam em território norte-americano ilegalmente.