This content is not available in your region

Gianni Infantino: Da UEFA para a presidência da FIFA

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Gianni Infantino: Da UEFA para a presidência da FIFA

<p>Gianni Infantino é o nono e novo presidente da <span class="caps">FIFA</span> até 2019. Este advogado tinha alcançado 88 votos na primeira volta e conseguiu 115 na segunda, mais do que os necessários para vencer a eleição. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Truly humbled by today's decision. Let's bring <span class="caps">FIFA</span> forward together.</p>— Gianni Infantino (@Gianni_2016) <a href="https://twitter.com/Gianni_2016/status/703282125039124480">26 de fevereiro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>No seu discurso de vitória prometeu trabalhar com as associações nacionais para limpar o nome da <span class="caps">FIFA</span>. Propõe-se recuperar o respeito das pessoas, pela instituição e garantiu que os tempos tristes e de crise terminaram. Para transformar a <span class="caps">FIFA</span> propõe-se implementar reformas, melhorar a administração e a transparência: </p> <p>“Temos de ter orgulho na <span class="caps">FIFA</span>, as pessoas têm de ter orgulho na <span class="caps">FIFA</span>. Temos de ter orgulho naquilo que vamos fazer juntos. Quero ser presidente de todos, das 209 associações nacionais. Viajei pelo globo e vou continuar a fazê-lo. Quero trabalhar em conjunto convosco para restaurar e construir uma nova era na <span class="caps">FIFA</span> na qual o futebol possa estar de novo no centro das atenções”, afirmou Infantino aos mais de duzentos delegados presentes. </p> <p>Quanto ao congresso este dia não foi apenas de eleições, ainda que esse tenha sido, de facto, o ponto alto. Durante a manhã foram dados passos importantes para a reforma da mais importante instituição do futebol mundial, também como forma de tentar evitar futuros casos de corrupção como os que mancharam a sua imagem.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">I believe my proposals will help put football back at the centre of <span class="caps">FIFA</span>. Together we can take <span class="caps">FIFA</span> Forward. <a href="https://t.co/M3Hk1CT5ym">pic.twitter.com/M3Hk1CT5ym</a></p>— Gianni Infantino (@Gianni_2016) <a href="https://twitter.com/Gianni_2016/status/694242096568537092">1 de fevereiro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>