Última hora

Última hora

Manifestação "Passagem Segura" a favor dos refugiados um pouco por toda a Europa

Cerca de cinco mil e quinhentos migrantes estão ainda retidos em Idomeni, na fronteira grega com a Macedónia, sob condições meteorológicas muito

Em leitura:

Manifestação "Passagem Segura" a favor dos refugiados um pouco por toda a Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de cinco mil e quinhentos migrantes estão ainda retidos em Idomeni, na fronteira grega com a Macedónia, sob condições meteorológicas muito difíceis.

A Macedónia abriu temporariamente este sábado a fronteira para deixar passar trezentos iraquianos e sírios, a maioria deles com deficiências ou com condições de saúde fragilizadas.

A abertura veio 3 dias depois do encerramento da fronteira a todos os migrantes. Os países da rota dos balcãs impõem restrições fronteiriças rígidas e o desespero cresce entre os migrantes e refugiados.

“Passagem Segura”, foi precisamente o mote para manifestações pró-refugiados, difundidas através das redes sociais, e que levou muitas pessoas à rua em vários países, num dia de acção europeia.

Um modo de chamar a atenção para o perigo da travessia pelo mar Egeu, entre a Turquia e a Grécia e também pelo Mediterrâneo, onde já morreram mais de 3 centenas de pessoas.

Em Bruxelas, a polícia contou 3 mil manifestantes. Alguns ilustraram com cobertores de apoio de vida aquilo que defendem ser os princípios europeus.

Outras cidades europeias como Berlim, Hamburgo, Paris, Brighton ou Dublin participaram na mobilização.