This content is not available in your region

Starbucks anuncia chegada a Itália

Access to the comments Comentários
De  Patricia Cardoso
Starbucks anuncia chegada a Itália

<p>A Starbucks vai instalar-se em Itália. A rede norte-americana de cafetarias pretende abrir a primeira loja em Milão no início de 2017. Na base estará uma parceria com o promotor imobiliário Percassi, que já gere as redes Gucci ou Nike, por exemplo. </p> <p>A Starbucks gere mais de 23 mil cafés em todo o mundo, incluindo 2400 na Europa, Médio oriente e África. No ano passado, o volume de negócios do grupo subiu 17% para 19 mil milhões de dólares. </p> <p>Para a marca, o mercado italiano é um desafio, com a sua tradição do café no bar. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Starbucks is entering its most intimidating market yet <a href="https://t.co/ZevWBxk2q8">https://t.co/ZevWBxk2q8</a> <a href="https://t.co/GzRVmiWHcI">pic.twitter.com/GzRVmiWHcI</a></p>— Business Insider (@businessinsider) <a href="https://twitter.com/businessinsider/status/704272283326672896">29 de fevereiro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Segundo a <a href="https://www.linkedin.com/company/federazione-italiana-pubblici-esercizi">Fipe</a>, associação do setor da restauração, entretenimento e turismo, em Itália, por ano, são servidos 6 mil milhões de cafés, o que representa um volume de negócios de 6,6 mil milhões de euros.</p>