Última hora

Última hora

Brasil: Libertado o vice-presidente do Facebook para a América Latina

A justiça brasileira revogou a ordem de detenção de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para a América Latina. O dirigente, que tinha sido

Em leitura:

Brasil: Libertado o vice-presidente do Facebook para a América Latina

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça brasileira revogou a ordem de detenção de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para a América Latina. O dirigente, que tinha sido detido na terça-feira de manhã, em São Paulo, passou quase 24 horas na prisão.

Dzodan está no cargo desde junho.

A polícia federal brasileira tinha cumprido um mandado de captura da justiça de Lagarto, em Sergipe, no nordeste do Brasil, que exige que o Facebook revele informações trocadas no WhatsApp por suspeitos de tráfico de droga.

A empresa tinha reagido logo após a detenção. Dizia-se “desapontada” e falava de uma medida “extrema e desproporcionada”.

A rede social, que comprou o WhatsApp em 2014, recusa cumprir a ordem judicial e paga multas diárias que rondam os 250 mil euros.

O braço-de-ferro entre o Facebook e a justiça brasileira dura há meses.

Em dezembro, num outro caso, o tribunal de São Paulo ordenou às operadoras brasileiras que suspendessem o acesso ao WhatsApp durante 48 horas. A suspensão acabou por durar 12 horas.