Última hora

Última hora

EUA: Trump "revê" discurso sobre imigração à espera de triunfo na "Super Terça-feira"

Nem o apoio de um líder do Klux Klux Klan, nem as dúvidas sobre o seu discurso anti-imigração parecem abalar a liderança de Donald Trump nesta

Em leitura:

EUA: Trump "revê" discurso sobre imigração à espera de triunfo na "Super Terça-feira"

Tamanho do texto Aa Aa

Nem o apoio de um líder do Klux Klux Klan, nem as dúvidas sobre o seu discurso anti-imigração parecem abalar a liderança de Donald Trump nesta superterça-feira de primárias nos EUA.

Republicanos, mas também Democratas, inquietam-se face à popularidade do discurso anti-sistema, durante os mais de uma dezena de sufrágios simultâneos que deverão eleger um quarto dos delegados às convenções partidárias de Julho.

No campo republicano, as sondagens prevém uma vitória de Trump em pelo menos 10 estados, com Marc Rubio dado favorito apenas no seu estado, o Texas.

Do lado dos Democratas, Hillary Clinton é dada como favorita na corrida contra Bernie Sanders, mesmo no estado-natal do candidato “revolucionário”, o Vermont.

A “Super Terça-Feira” é vista como um trampolim decisivo para os candidatos na corrida à nomeação para as presidenciais de Novembro.

A perspetiva de um Donald Trump favorito após os sufrágios coincide com o aumento dos ataques dos seus adversários, e uma possível mudança no discurso do candidato.

Segundo a imprensa norte-americana, o milionário teria admitido, em privado, ao New York Times, que a sua posição sobre a imigração é mais flexível do que aparenta nos seus comícios de campanha.