Última hora

Última hora

EUA: Trump ataca herança de Hillary após ganhar "Super terça-feira"

O milionário já se projeta na corrida à Casa Branca com Hillary Clinton como adversária

Em leitura:

EUA: Trump ataca herança de Hillary após ganhar "Super terça-feira"

Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump soma e segue. Apesar de uma franja de republicanos tentar reunir o máximo de fundos e de apoiantes anti-Trump, o milionário norte-americano, vencedor desta “Super terça-feira”, já se projeta na corrida à Casa Branca com Hillary Clinton como adversária.

Point of view

Ela [Hillary Clinton] está no poder há tanto tempo... quero dizer, se não resolveu nada até agora, também não vai resolver nos próximos quatro anos. Só vai piorar

“Ouvi o discurso de Hillary e ela diz que os salários baixaram e que tudo vai mal e que ela vai resolver tudo. Ela está no poder há tanto tempo… quero dizer, se não resolveu nada até agora, também não vai resolver nos próximos quatro anos. Só vai piorar. Ela quer reunir a América de novo – estou a tentar perceber o que isso significa… ‘Tornar a América grande de novo’ será muito melhor do que reunir a América de novo”, afirmou o candidato à investidura republicana.

Trump felicitou mesmo Ted Cruz, o aspirante a candidato republicano, pela sua vitória no Texas e no Oklahoma. O senador ultraconservador do Texas, que bateu Trump em 3 das 15 primárias e ‘causus’ já organizadas é o mais bem posicionado para fazer face à ascensão de milionário.

Mas os analistas estimam que isso só será possível se Marco Rubio abandonar a corrida. Embora, até agora, só tenha ganho no Minnesota, o senador da Florida não parece, no entanto, pronto a desistir – pelo menos, para já. O candidato do “stablishment” republicano visa agora a primária de 15 de março no seu próprio Estado.