Última hora

Última hora

Lábios cosidos em protesto na "Selva" de Calais

Desta vez, os protestos fizeram-se em silêncio. Os lábios de 7 homens, maioritariamente iranianos, estavam cosidos esta quarta-feira, o terceiro dia

Em leitura:

Lábios cosidos em protesto na "Selva" de Calais

Tamanho do texto Aa Aa

Desta vez, os protestos fizeram-se em silêncio.

Os lábios de 7 homens, maioritariamente iranianos, estavam cosidos esta quarta-feira, o terceiro dia de desmantelamento da chamada “Selva”, o acampamento para migrantes e refugiados em Calais, França.

O objectivo é realojar 2000 migrantes na parte norte do campo, em contentores preparados para o efeito. Nem todos aceitam.

Milhares de refugiados e de migrantes fugidos da guerra e da pobreza, do Afeganistão à Síria, convergiram para o porto de Calais durante o ano passado.

Muitos tentam passar ilegalmente em comboios através do eurotúnel do Canal da Mancha ou qualquer outro meio que os leve até ao reino Unido, onde têm esperança de poder ficar.