Última hora

Última hora

Tusk alerta migrantes económicos ilegais para não partirem "em vão" rumo à Europa

De visita à Grécia, mais uma paragem da maratona internacional para construir as bases de uma resposta concertada à crise migratória que divide o

Em leitura:

Tusk alerta migrantes económicos ilegais para não partirem "em vão" rumo à Europa

Tamanho do texto Aa Aa

De visita à Grécia, mais uma paragem da maratona internacional para construir as bases de uma resposta concertada à crise migratória que divide o velho continente, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, dirigiu uma mensagem aos migrantes económicos ilegais: “Apelo a todos os migrantes potencialmente ilegais, económicos, de onde quer que sejam, para não virem para a Europa. Não acreditem nos contrabandistas. Não arrisquem as vossas vidas e dinheiro. É tudo em vão.”

No rescaldo de um encontro com o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, esta quinta-feira, Donald Tusk não deixou também de referir que as ações unilaterais de Estados-membros para gerir a crise devem parar.

Da Atenas para Ancara, Tusk seguiu viagem rumo ao encontro do primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoğlu, que proferiu palavras de sintonia aparente com o que o presidente do Conselho Europeu tinha referido antes, na vizinha Grécia: “Fechar todas as fronteiras como se o problema dissesse apenas respeito à Grécia e à Turquia não é bom.”

Rumo à cimeira União Europeia-Turquia da próxima semana, o presidente do Conselho Europeu estará reunido esta sexta-feira com o chefe de Estado turco, Recep Tayyip Erdoğan, em Istambul, para preparar o encontro com o aliado estratégico. Será a última jornada do périplo em que Donald Tusk passou pela chamada rota dos Balcãs, um foco de tensão da crise migratória.