Última hora

Última hora

Alemanha 2006: Compra de votos? Auditoria não confirma nem desmente

Não confirmo nem desminto. É uma velha máxima do futebol português que se aplica na perfeição à auditoria à candidatura da Alemanha à organização do

Em leitura:

Alemanha 2006: Compra de votos? Auditoria não confirma nem desmente

Tamanho do texto Aa Aa

Não confirmo nem desminto. É uma velha máxima do futebol português que se aplica na perfeição à auditoria à candidatura da Alemanha à organização do mundial de 2006.

Depois de analisados 128 mil documentos, o relatório de 380 páginas conclui que não se pode provar que tenham sido comprados votos mas também não exclui a possibilidade.

Mesmo inconclusivo, o relatório não deixa margem para dúvidas e confirma a existência de um pagamento de 6,7 milhões de euros que a Federação Alemã de Futebol não consegue justificar.

O rasto do dinheiro, transferido através da Adidas, sugere que foi utilizado para comprar votos, mas todos os envolvidos negam as acusações.

O relatório também revelou que Joseph Blatter estava ao corrente mas recusou a cooperar com a investigação.