Última hora

Última hora

Coreia do Norte ameaça com "ofensiva total"

Por mar, terra e a ar. Apesar das ameaças de uma resposta militar total, por parte da Coreia do Norte, a Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram

Em leitura:

Coreia do Norte ameaça com "ofensiva total"

Tamanho do texto Aa Aa

Por mar, terra e a ar. Apesar das ameaças de uma resposta militar total, por parte da Coreia do Norte, a Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram umas das maiores manobras militares conjuntas desde sempre num clima de grande tensão.

Os exercícios anuais Key Resolve e Foal Eagle vão prolongar-se-ão até 18 de março e 30 de abril e seguem-se ao reforço de sanções internacionais contra Pyongyang depois do teste nuclear de janeiro e o lançamento de um foguetão no último mês.

Um porta-voz da Coreia do Sul anunciou que os vizinhos do norte devem acabar com o que diz ser um comportamento agressivo que conduz à autodestruição. “Se a Coreia do Norte ignorar os nossos avisos e provocar-nos, o nosso exército responderá de forma firme e sem piedade”, avisou Moon Sang-Gyun.

Os norte-coreanos consideram que as manobras militares no país vizinhossão “movimentações de guerra nuclear” e ameaçaram com uma ofensiva total. Disseram ainda que os Estados Unidos serão responsáveis pelo início da guerra.

Nos exercícios participam cerca de 15 mil militares norte-americanos e 300 mil da Coreia do Sul.