Última hora

Última hora

Talibãs reivindicam atentado junto de um tribunal no Paquistão

Perto de 20 mortos e cerca de 30 feridos o balanço de um atentado suicida junto a um tribunal no noroeste do Paquistão.

Em leitura:

Talibãs reivindicam atentado junto de um tribunal no Paquistão

Tamanho do texto Aa Aa

Perto de 20 mortos e cerca de 30 feridos o balanço de um atentado suicida junto a um tribunal no noroeste do Paquistão.

Segundo a polícia, um bombista suicida tentou forçar a entrada no tribunal de Shabqadar, cerca de 150 km a nordeste da capital, Islamabad, acabando por detonar o colete de explosivos à porta do local.

Uma fação dos talibãs paquistaneses, a Jamaat-ur-Ahrar, reivindicou o ataque, afirmando ter sido a vingança pela morte de Mumtaz Qadri, um antigo guarda-costas, visto por alguns como um herói depois de ter assassinado um governador liberal, favorável a uma reforma da controversa lei da blasfémia, que pode ser punida com a morte.

Julgado e condenado em 2011, Qadri foi executado por enforcamento na semana passada.

O primeiro-ministro do Paquistão, Nawaz Sharif, já condenou o ataque:

Os militantes talibãs no Paquistão conduzem uma insurreição contra o Estado desde 2007, com o objetivo de impor uma interpretação restrita da lei islâmica no país.