Última hora

Última hora

Exportações chinesas afundam em fevereiro

Os líderes chineses tentam tranquilizar sobre o estado da economia, mas os dados dizem o contrário. Em fevereiro, as exportações chinesas recuaram

Em leitura:

Exportações chinesas afundam em fevereiro

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes chineses tentam tranquilizar sobre o estado da economia, mas os dados dizem o contrário.

Em fevereiro, as exportações chinesas recuaram 25,4% em termos anuais. É o dobro do esperado e é a maior queda em quase sete anos.

Já as importações caíram 13,8 por cento. É o 16° mês consecutivo de queda.

O consumo interno e externo revelou-se fraco, mas os festejos do Ano Novo chinês podem explicar parte da queda.

Mesmo assim, a China teve um excedente comercial mensal de mais de 32,5 mil milhões de dólares. Em janeiro tinha ascendido a 63,2 mil milhões.

Com os fracos dados publicados nas últimas semanas, Pequim recusa fixar metas comerciais para este ano e os dirigentes propuseram aumentar o défice o défice orçamental para estimular a economia.

Os analistas antecipam a implementação de mais estímulos e isso refletiu-se nos preços de algumas matérias-primas.