Última hora

Última hora

Liga Portuguesa, J25: Fim de semana em tons de vermelho

Em leitura:

Liga Portuguesa, J25: Fim de semana em tons de vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

A 25º jornada trouxe um novo líder na Liga Portuguesa depois do Benfica ter ido vencer a Alvalade. O FC Porto escorregou em Braga e perdeu uma oportunidade de ouro para se aproximar do Sporting. A Académica quebrou a série de nove jogos sem perder do Guimarães e subiu acima da linha de água.

Dificilmente o fim de semana podia ser melhor para os adeptos do Benfica. A nove jornadas do fim, a equipa de Rui Vitória tomou de assalto a liderança com uma vitória pela margem mínima frente ao Sporting (ainda é cedo para falar em crise mas a formação leonina tem apenas uma vitória nos últimos cinco jogos) e ainda viu o terceiro candidato ao título, FC Porto, ser derrotado em Braga.

Um encontro marcado por mais uma demonstração de qualidade dos arsenalistas, onde Paulo Fonseca tem vindo a mostrar que apesar da má experiência no Dragão, tem talento para voos mais altos. Hassan, Rafa e Alan foram os marcadores de serviço na equipa minhota, que soube aproveitar ao máximo a enorme tremideira defensiva dos azuis-e-brancos.




E se o Sporting de Braga tem já um lugar praticamente assegurado nas competições europeias, o seu grande rival, Vitória de Guimarães, ficou mais longe depois de ter sido derrotado em Coimbra por 2-0. Marinho bisou e carimbou a vitória dos estudantes, que interromperam assim uma série de sete encontros sem vencer no campeonato.

Quem também tropeçou foi o Rio Ave. Hélder Postiga até voltou a marcar pelos vilacondenses mas o seu golo não foi suficiente para evitar a derrota por 3-1 em pleno Estádio dos Arcos frente ao Estoril. Os canarinhos levam dez pontos conquistados nos últimos quatro encontros e podem mesmo começar a sonhar com a Europa.

Já o Arouca parece cada vez mais disposto em tornar o sonho realidade. A equipa de Lito Vidigal subiu à quinta posição depois de ter ido a Tondela vencer pela margem mínima. Os anfitriões têm tido uma estreia para esquecer no escalão máximo e nem da marca de grande penalidade parecem encontrar o caminho do golo.


A equipa de Petit não foi a única a ter uma relação difícil com a baliza contrária. União da Madeira e Belenenses não foram além de um empate a zero e continuam tranquilos… por enquanto. O outro empate da ronda teve lugar na Mata Real, onde o Paços de Ferreira desperdiçou uma vantagem de dois golos frente ao Marítimo. Os castores não vencem um encontro desde 11 de janeiro.

No Bessa, o Boavista foi surpreendido pelo Nacional e voltou a cair para baixo da linha de água. Salvador Agra marcou o tento solitário naquele que foi o seu centésimo encontro na primeira divisão portuguesa.

Melhores marcadores:



26 golos: Jonas (Benfica);
18 golos: Slimani (Sporting);
15 golos: Mitroglou (Benfica);
14 golos: Bruno Moreira (P. Ferreira);
13 golos: Rafael Martins (Moreirense) e Bonatini (Estoril);



Jornada 25:


P. Ferreira – Marítimo, 2-2
Sporting – Benfica, 0-1
Tondela – Arouca, 0-1
U. Madeira – Belenenses, 0-0
V. Setúbal – Moreirense, 0-1
Boavista – Nacional, 0-1
Académica – V. Guimarães, 2-0
Sp. Braga– FC Porto, 3-1
Rio Ave – Estoril, 1-3



Jornada 26:


Marítimo — Boavista (11/03, 20h30)
Estoril – Sporting (12/03, 18h30)
FC Porto – U. Madeira (20h45)
Moreirense – Académica (13/03, 16h00)
Arouca – V. Setúbal
Nacional – Rio Ave
V. Guimarães – P. Ferreira (18h15)
Belenenses – Sp. Braga (20h30)
Benfica – Tondela (14/03, 20h00)