Última hora

Última hora

Brasil: Lula acusado de branqueamento de capitais por não declarar triplex de luxo

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva foi acusado de branqueamento de capitais, dias depois de ter sido obrigado a testemunhar no caso de

Em leitura:

Brasil: Lula acusado de branqueamento de capitais por não declarar triplex de luxo

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-presidente brasileiro Lula da Silva foi acusado de branqueamento de capitais, dias depois de ter sido obrigado a testemunhar no caso de corrupção da Petrobras (Lava Jato).

O Ministério Público de São Paulo acusa Lula de não ter declarado um apartamento de luxo em Guarujá, na costa do estado de São Paulo.

Segundo a acusação, o triplex de 297 m2 teria sido oferecido ao ex-chefe de Estado pela construtora OAS, investigada no caso Lava Jato.

A empresa é suspeita de ter pago comissões a partidos e políticos em troca de contratos na petrolífera estatal Petrobras.

Lula da Silva rejeitou já as acusações, acusando o procurador de São Paulo de parcialidade.

A defesa do ex-presidente recorreu jao Supremo Tribunal para que esclareça a competência do caso, conduzido em simultâneo pelos procuradores do Paraná e de São Paulo.

Lula tinha sido detido para interrogatório, no Paraná, na sexta-feira, depois de um juiz local ter considerado existirem indícios de que o ex-responsável político teria beneficiado do sistema de corrupção.