Última hora

Última hora

Estado Islâmico usa armas químicas contra civis no Iraque

O autodenominado Estado Islâmico usou armas químicas contra a população civil. Vários morteiros e rockets com substâncias tóxicas foram disparados

Em leitura:

Estado Islâmico usa armas químicas contra civis no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

O autodenominado Estado Islâmico usou armas químicas contra a população civil.

Vários morteiros e rockets com substâncias tóxicas foram disparados sobre aldeias a 20 quilómetros da cidade petrolífera de Kirkurk, no Iraque.

Autoridades locais relatam que os disparos, de terça-feira, afetaram mais de 200 pessoas que sofreram de asfixia parcial e irritações na pele.

Um comandante das forças curdas, que controlam Tasa, afirmou que a população foi alvo de 24 disparos, sem provocar vitimas mortais

Em Mosul, na região curda do norte do Iraque, a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos bombardeou posições jihadistas.

Entretanto, a noroeste de Ramadi, forças de segurança iraquianas recuperaram aldeias que tinham caído em poder do Estado Islâmico e evacuaram milhares pessoas que estavam reféns.

Habitantes de Zangoora e Qaria Asriya foram escoltados por forças iraquianas enquanto abandonavam as aldeias rumo a um local mais seguro.