Última hora

Última hora

Sátira a Putin faz o sucesso de um comediante da Eslovénia

Em leitura:

Sátira a Putin faz o sucesso de um comediante da Eslovénia

Tamanho do texto Aa Aa

Duas semanas depois da publicação no YouTube de uma sátira sobre o presidente Vladimir Putin, o vídeo do comediante esloveno Klemen Slakonja já foi

Duas semanas depois da publicação no YouTube de uma sátira sobre o presidente Vladimir Putin, o vídeo do comediante esloveno Klemen Slakonja já foi visto por mais gente do que a Eslovénia tem de população.

Mais de três milhões de internautas viram “Putin, Putout”, um trocadilho em inglês com o nome do líder russo.

Na paródia, o comediante recria alguns dos momentos mais caricatos do senhor do Kremlin, incluindo a imagem de Putin em tronco nu a montar um cavalo.

A música “Put-in, Put-out” chegou mesmo às audições na Eslovénia para o Festival Eurovisão da Canção, mas acabou por não ser selecionada para o concurso.

Slakonja financiou o videoclipe com fundos próprios e afirma que parte da equipa técnica trabalhou “de graça”, por isso, os custos não foram muito elevados. “Depois, surgiu o convite o concurso da Eurovisão e achei que o Putin seria excelente para a minha participação no programa”, conclui.

O ‘Putin’ cantor e dançarino trouxe um inesperado sucesso a um artista desconhecido do público internacional.

Apesar das farpas lançadas contra o homem forte de Moscovo, Slakonja garante que não quer ofender ninguém nos seus vídeos:

“Quero que as pessoas possam ter diferentes interpretações da letra da música. Não quero que façam uma guerra por causa do vídeo. Quero unir pessoas, as que gostam e as que detestam o meu trabalho; as pessoas que adoram e as que odeiam o líder retratado. Tem tudo a ver com colocar as pessoas em contacto”, defende.

Ninguém escapa ao humor de Slakonja, nem sequer o Papa Francisco, que é retratado num vídeo de 2013.

Na calha, estão já novas sátiras:“Quero seguir a corrente. Portanto, o próximo na lista é Donald Trump. E depois do Donald, a Angela Merkel”

Ator no Teatro Nacional da Eslovénia, Slakonja, que tem 31 anos, espera que o sucesso no YouTube lhe traga patrocínios.