Última hora

Última hora

Colômbia - Acordo de paz adiado

O acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das FARC não vai ser possível. O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, já tinha

Em leitura:

Colômbia - Acordo de paz adiado

Tamanho do texto Aa Aa

O acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das FARC não vai ser possível.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, já tinha afirmado que não assinaria um “mau acordo” de paz.

Esta quinta-feira, o negociador das FARC reconheceu a impossibilidade de assinar um acordo a 23 de março, data limite fixada pelas duas partes.

“Pareceu-nos que o presidente (Juan Manuel) Santos agiu com objetividade, e estamos de acordo com o que ele disse, e pensamos que sim, que após o dia 23 (de março de 2016), poderá haver um acordo,” afirmou o negociador das FARC, Joaquín Gómez

O acordo de paz, cujo processo foi iniciado em novembro de 2012 em Havana, com mediação de Noruega e Cuba, procura colocar um ponto final numa guerra de 50 anos entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

Entre os temas que permanecem por solucionar inclui-se o cessar-fogo bilateral e definitivo, o abandono das armas e a concentração dos guerrilheiros para a sua desmobilização.