Última hora

Última hora

Alemanha: Merkel defende política de refugiados em véspera de eleições

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu este sábado a política de acolhimento dos refugiados. Falando na véspera de eleições locais em três

Em leitura:

Alemanha: Merkel defende política de refugiados em véspera de eleições

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã, Angela Merkel, defendeu este sábado a política de acolhimento dos refugiados.

Point of view

"Se alguém está em fuga da guerra, do terror, do estado islâmico ou de dificuldades deste tipo, então deverá receber proteção"

Falando na véspera de eleições locais em três estados, Merkel afirma que está consciente dos riscos para o seu partido, CDU, derivados da entrada de mais de um milhão de refugiados no país desde o ano passado.

Falando num encontro em Baden-Wuerttemberg, a chanceler alemã afirma que existe um dever de proteção.

“Se alguém está em fuga da guerra, do terror, do estado islâmico ou de dificuldades deste tipo, então deverá receber proteção. Por isso é que é fundamental devolver todos aqueles que querem cá entrar devido a razões económicas. A esses é preciso dizer-lhes para abandonarem o país”, afirmou Angela Merkel

As sondagens apontam para o aumento do apoio ao partido AfD, Alternativa para a Alemanha, partido de cariz nacionalista que defende políticas anti-imigração.

Entretanto, em Berlim, apoiantes da extrema direita desfilaram pelas ruas este sábado exigindo a expulsão dos refugiados.