Última hora

Última hora

Líderes socialistas da UE à procura de consenso sobre migrantes

Uma quinzena de líderes socialistas europeus reuniram-se este sábado em Paris, a convite da Presidência francesa, para coordenar estratégias na

Em leitura:

Líderes socialistas da UE à procura de consenso sobre migrantes

Tamanho do texto Aa Aa

Uma quinzena de líderes socialistas europeus reuniram-se este sábado em Paris, a convite da Presidência francesa, para coordenar estratégias na política europeia.

Entre os presentes estava o primeiro-ministro português António Costa, o seu homólogo italiano, Matteo Renzi, o vice-chanceler alemão Sigmar Gabriel e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

Sob o céu de Paris, foi discutida a crise dos migrantes e refugiados e a necessidade de proteger as fronteiras externas da União Europeia.

“É necessário proteger as fronteiras externas e esta é uma tarefa a cumprir pela Europa. Se for assegurada a proteção das fronteiras externas, evitaremos a restauração das fronteiras internas, que alguns países implementaram unilateralmente”, disse o presidente francês François Hollande.

Para o chefe do governo grego, Alexis Tsipras, a criação de barreiras fronteiriças ameaça a coesão europeia.

“Precisamos de regressar aos valores fundamentais: solidariedade, democracia e coesão social. Por isso as forças progressivas devem cooperar paraenfrentar estes desafios. As políticas de extrema direita e a criação de barreiras fronteiriças deterioram a situação”, disse Tsipras.

Os líderes socialistas tentam organizar uma frente comum antes da próxima cimeira europeia dos próximos dias 17 e 18 de março em Bruxelas, na qual deverá ser tomada uma decisão sobre o acordo com a Turquia para controlar os fluxos migratórios.