Última hora

Última hora

EUA: Trump promete apresentar queixa formal contra os que perturbam os seus comícios

Donald Trump diz que vai apresentar queixas formais contra todos os que perturbarem os seus comícios. Este sábado, no Ohio, os serviços secretos

Em leitura:

EUA: Trump promete apresentar queixa formal contra os que perturbam os seus comícios

Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump diz que vai apresentar queixas formais contra todos os que perturbarem os seus comícios. Este sábado, no Ohio, os serviços secretos foram obrigados a intervir para intercetar um homem que se lançou em direção ao pódio onde discursava o mais polémico dos aspirantes à nomeação republicana na corrida à Casa Branca.

No Kansas, num outro comício também marcado por protestos, Trump afirmou que o homem detido no Ohio tinha “provavelmente” ligações com o Estado Islâmico.

O multimilionário disse que não pretende “arruinar a vida das pessoas, mas a única forma de acabar com esta loucura é apresentar queixas, porque dessa forma a sua vida será arruinada e elas vão sabê-lo”. E garantiu que “a partir de agora, quem fizer alguma coisa, será alvo de uma queixa”.

Um dia depois de Trump cancelar à última hora uma aparição em Chicago, que degenerou em confrontos, a cabeça de lista democrata, Hillary Clinton, acusou-o de ter um comportamento “pirómano”.

Clinton afirmou que “a retórica feia e divisiva de Donald Trump e o encorajamento da violência e agressão não só são errados, como perigosos. Quem brinca com fósforos, pode começar um fogo que não consegue controlar”.

Trump tem acusado tanto apoiantes de Clinton como, em particular, do outro rival democrata, Bernie Sanders, de estarem por trás dos distúrbios nos seus comícios.