Última hora

Última hora

Dezasseis vítimas mortais em ataque terrorista na Costa do Marfim

O ataque terrorista, na Costa do Marfim, o primeiro do género no país, fez 16 vítimas, 14 civis e dois militares. Há pelo menos quatro estrangeiros

Em leitura:

Dezasseis vítimas mortais em ataque terrorista na Costa do Marfim

Tamanho do texto Aa Aa

O ataque terrorista, na Costa do Marfim, o primeiro do género no país, fez 16 vítimas, 14 civis e dois militares. Há pelo menos quatro estrangeiros entre os mortos. As autoridades policiais e militares do país mataram seis dos atacantes que chegaram armados a uma praia da estância balnear Grand-Bassam, destino popular de turistas e população local, e começaram a disparar indiscriminadamente. O ataque foi reivindicado pela Al-Qaeda no Magrebe islâmico.

O presidente do país deslocou-se ao local:

“Estes ataques terroristas cobardes não vão ser tolerados na Costa do Marfim e tomámos todas as medidas importantes. O ataque foi controlado, em três ou quatro horas, graças às nossas forças de defesa e segurança que gostaria de felicitar”, afirmou Allassane Ouattara.

Grand-Bassam é a antiga capital, localizada a cerca de 40 quilómetros da maior cidade Abidjan e classificada como Património Mundial pela Unesco.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros e do Interior franceses deslocam-se, na próxima terça-feira, ao país para expressar solidariedade depois de uma tragédia que matou pelo menos um francês.