Última hora

Última hora

Champions: Bayern, Juventus, Barça e Arsenal discutem últimos bilhetes para os quartos

Se o Barcelona está em vantagem sobre o Arsenal, no jogo Bayern-Juventus tudo pode acontecer.

Em leitura:

Champions: Bayern, Juventus, Barça e Arsenal discutem últimos bilhetes para os quartos

Tamanho do texto Aa Aa

Esta quarta-feira, ficam a ser conhecidas todas as equipas participantes nos quartos-de-final da Champions League. O Bayern de Munique recebe a Juventus de Turim num jogo em que tudo pode acontecer: Na primeira mão, o resultado foi 2-2.

O treinador dos alemães, Pep Guardiola, promete uma equipa aguerrida. Os alemães contam com o fator casa, num jogo em que Boateng e Batstuber são as únicas ausências confirmadas: “A Europa vai ver como vamos chegar ao relvado. É uma grande alegria para mim e nunca foi uma grande preocupação. Podemos ganhar ou podemos perder”, disse Guardiola.

Os jogadores da Juve já viram as condições do campo, com a neve a cair sobre Munique e impressionaram com o “design” italiano das fardas oficiais. Claro que, mesmo se um empate a zero lhes serve para passar, os pupilos de Massimiliano Allegri prometem mais que um desfile de moda quando entrarem em campo.

No outro jogo, o Barcelona recebe o Arsenal e ninguém lhe tira o favoritismo, depois da vantagem de dois golos trazida de Londres na primeira mão. O treinador Luis Enrique explicou aos jornalistas aquela que parece ser a receita do sucesso dos catalães: “Só há uma bola no relvado e queremos tirar vantagem disso. Queremos ter a posse de bola, tanta quanto for possível, para que não chegue aos atacantes da equipa adversária. Isso não vai ser fácil, mas é a tática que temos vindo a seguir, muitas vezes melhor que os nossos rivais. Isso tem-nos ajudado a conseguir os objetivos”, disse.

O treinador do Arsenal, Arsène Wenger, diz que o clube precisa de mostrar uma defesa sólida, mas não pode esquecer-se de atacar, já que precisa de anular uma desvantagem de dois golos, o que parece muito difícil.

A equipa tem várias baixas, das quais Ramsey e Čech são as mais importantes.