Última hora

Última hora

Alemanha: Tribunal rejeita queixa contra concessionário da Volkswagen

Um tribunal alemão rejeitou a queixa apresentada por um cliente contra um concessionário da Volkswagen. O queixoso justificou a ação por considerar

Em leitura:

Alemanha: Tribunal rejeita queixa contra concessionário da Volkswagen

Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal alemão rejeitou a queixa apresentada por um cliente contra um concessionário da Volkswagen.

O queixoso justificou a ação por considerar que lhe tinham vendido um veículo que não cumpria as normas de emissões de gases.

Esta foi a primeira queixa do género.

O magistrado rejeitou o processo alegando que, até ao momento, não se sabe se os concessionários sabiam que os veículos tinham sido adulterados.

“Esta decisão é baseada num caso isolado, que diz respeito a este caso particular, deste queixoso em particular, com este carro particular. Deve ser enfatizado que o réu não é a Volkswagen, mas um concessionário de carros. O concessionário é um revendedor e, até hoje, não temos nenhuma indicação de que os concessionários sabiam destas manipulações”, afirmou o porta-voz do tribunal distrital de Bochum, Michael Rehaag.

Um grupo de 278 investidores institucionais, de todo o mundo, avançou com um processo contra a Volkswagen, na terça-feira, exigindo mais de 3 mil milhões de euros, por perdas. Os investidores alegam que a Volkswagen violou obrigações para com o mercado de capitais quando decidiu manipular as emissões dos veículos.