Última hora

Última hora

Primárias EUA: Hillary Clinton confirma favoritismo

Do lado dos democratas, e sem surpresa, Hillary Clinton aumentou a vantagem sobre o seu único rival, Bernie Sanders. A antiga Primeira-dama venceu

Em leitura:

Primárias EUA: Hillary Clinton confirma favoritismo

Tamanho do texto Aa Aa

Do lado dos democratas, e sem surpresa, Hillary Clinton aumentou a vantagem sobre o seu único rival,
Bernie Sanders. A antiga Primeira-dama venceu na Florida, no Ohio, no Ilinóis e na Carolina do Norte. No Missouri a luta continua renhida.

Falando aos seus apoiantes, Clinton projetou-se já na corrida à Casa Branca:

“O nosso próximo presidente tem de estar pronto para enfrentar três grandes desafios. Em primeiro lugar, tem de marcar uma diferença positiva na vida das pessoas, em segundo tem de manter-nos seguros e em terceiro tem de unificar, novamente, o nosso país”, afirmou Clinton.

Os apoiantes, entusiastas, fizeram também a festa:

“Eu acho que o público gosta dela, ela tem bons argumentos, apoia uma série de coisas sobre as quais falamos e que nos preocupam”, adianta um norte-americano.

“Lembro-me de ter visto Hillary Clinton como primeira-dama quando eu tinha 14 anos. E ter a possibilidade, agora, de votar nela… ela foi a primeira mulher a mostrar-me que eu não tinha de ser a esposa de alguém para estar na política, eu posso estar na política”, afirma uma jovem.

Para Hillary Clinton, a vitória nas primárias do partido Democrata está agora garantida, como explica o correspondente da euronews nos EUA, Stefan Grobe:

“Esta foi, de longe a melhor noite de toda a temporada de primárias para Hillary Clinton. No seu discurso de vitória ela afirmou que Bernie Sanders já não é uma ameaça. Agora ela pode concentrar-se em quem acabará por ser o candidato republicano.”