Última hora

Última hora

Refugiados: Angela Merkel quer solução comum da UE

A chanceler alemã reforçou, esta quarta-feira, a necessidade de a União Europeia encontrar uma solução comum para a crise dos migrantes e refugiados

Em leitura:

Refugiados: Angela Merkel quer solução comum da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã reforçou, esta quarta-feira, a necessidade de a União Europeia encontrar uma solução comum para a crise dos migrantes e refugiados.

Perante o Parlamento alemão, Angela Merkel, sublinhou que o encerramento da rota dos Balcãs é um problema de toda a União e não, somente da Grécia.

A chanceler alemã espera que os líderes dos 28 consigam chegar, amanhã em Bruxelas, a um acordo sobre a proposta turca, elaborada em conjunto com a Alemanha.

O plano prevê a readmissão pela Turquia de todos os migrantes que entraram ilegalmente na Grécia, incluindo os requerentes de asilo sírios que fogem da guerra no seu país.

Em troca, a União compromete-se a, por cada migrante reenviado para a Turquia, aceitar um candidato sírio no seu território.

Ancara exige, também, três mil milhões de euros de ajuda adicional até 2018 e um regime de isenção de vistos para os cidadãos que queiram viajar na União Europeia até o final de junho, além da abertura rápida das negociações sobre cinco novos capítulos tendo em vista a adesão da Turquia à União Europeia.

Angela Merkel falou ao Parlamento depois da derrota do seu partido em duas eleições regionais que revelaram a forte oposição dos cidadãos alemães à presença de refugiados.