Última hora

Última hora

Banco da Rússia mantém juros a 11%

O combate à inflação é a prioridade do banco central russo.

Em leitura:

Banco da Rússia mantém juros a 11%

Tamanho do texto Aa Aa

A taxa de juro diretora na Rússia mantém-se nos 11%, um sinal de que o Banco da Rússia está apostado em manter os juros altos, apesar da estabilização da economia.

O combate à inflação parece continuar a ser o principal mote do Banco Central. Num comunicado, a administração diz que esta política monetária pode manter-se durante mais tempo que o inicialmente planeado. No entanto, esse comunicado já não contém uma frase, que tinha já sido excluída em janeiro, em que afastava a possibilidade de um corte nas taxas de juro, o que significa que um corte desses pode acontecer ainda este ano.

Segundo o Banco da Rússia, a inflação mantém-se alta e só em 2017 deve descer abaixo dos 6%. Quanto ao PIB, prevê uma contração de 1,3% a 1,5% este ano.