Última hora

Última hora

Violência regressa a comício de Donald Trump

O novo episódio de violência teve lugar no comício do candidato republicano em Tucson, no estado do Arizona. Um elemento do público gritou palavras

Em leitura:

Violência regressa a comício de Donald Trump

Tamanho do texto Aa Aa

O novo episódio de violência teve lugar no comício do candidato republicano em Tucson, no estado do Arizona.

Point of view

"Donald Trump pode perfeitamente seguir em frente e candidatar-se a presidente. O que ele não pode fazer é sugerir que qualquer opositor deve ser atacado de forma violenta"

Um elemento do público gritou palavras de ordem contra Donald Trump e foi atacado por um apoiante do candidato republicano.

Após o incidente, o manifestante explicou os motivos da sua revolta.

“Donald Trump pode perfeitamente seguir em frente e candidatar-se a presidente. O que ele não pode fazer é sugerir que qualquer opositor deve ser atacado de forma violenta, que ele deve ser eleito presidente e passar por cima das regras do seu próprio partido”, afirmou Bryan Sanders.

Ainda no mesmo comício, um outro incidente envolveu o gestor de campanha de Trump, Corey Lewandowski, e um elemento do público.

Na semana passada, o gestor de campanha de Trump foi processado criminalmente por uma jornalista que o acusa de violência cometida durante um comício realizado na Florida.