Última hora

Última hora

Quase um Século depois, Obama em Havana

O encontro entre o Presidente de Cuba, Raul Castro e dos Estados Unidos, Barack Obama, começou esta segunda-feira no Palácio da Revolução de Havana, a sede do governo.

Em leitura:

Quase um Século depois, Obama em Havana

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro entre o Presidente de Cuba, Raul Castro e dos Estados Unidos, Barack Obama, começou esta segunda-feira no Palácio da Revolução de Havana, a sede do governo, no que é considerado pelos analistas como um dos eventos mais importantes da visita de Obama a Cuba.

É o terceiro encontro entre ambos líderes desde que anunciaram a aproximação entre os seus países, depois dos encontros na Cimeira das Nações Unidas no Panamá, em abril de 2015 e na Assembleia Geral das Nações Unidas, na cidade de Nova Iorque, em setembro do mesmo ano.

Este foi, no entanto, o primeiro encontro em território cubano, depois de meio Século de confrontos e de tensões. Segundo a agenda oficial divulgada aos jornalistas, Castro e Obama estiveram a sós durante cerca de hora e meia. Ao longo das próximas horas de segunda e terça-feira, os encontros deverão estender-se às delegações oficiais de ambos países.

Espera-se ainda que, no final de segunda-feira, Raúl Castro e Barack Obama prestem uma declaração oficial conjunta aos jornalistas que acompanham o evento. Prevê-se ainda que Raúl Castro ofereça a Barack Obama um jantar oficial de Estado em honra do Presidente dos Estados Unidos.