Última hora

Última hora

Bruxelas: Praça da bolsa é o centro da solidariedade e homenagem às vitimas dos atentados

Velas, flores e mensagens de paz. Começou como um ato espontâneo na praça da bolsa de Bruxelas mas depressa se tornou na principal concentração de

Em leitura:

Bruxelas: Praça da bolsa é o centro da solidariedade e homenagem às vitimas dos atentados

Tamanho do texto Aa Aa

Velas, flores e mensagens de paz. Começou como um ato espontâneo na praça da bolsa de Bruxelas mas depressa se tornou na principal concentração de pessoas em solidariedade com as vítimas dos atentados no aeroporto e no metro da capital belga.

Centenas pessoas uniram-se na dor e na condenação do terrorismo, em sintonia na defesa da vida em liberdade e democracia.

“Não estávamos muito preparados mas existia sempre a estranha sensação de que algo como isto poderia acontecer. Honestamente, ainda não caí muito em mim, porque pessoalmente nunca acreditei que uma coisa idêntica pudesse de facto acontecer aqui, em Bruxelas”, diz uma jovem.

“É um dia triste para nós. Bruxelas é um sítio fantástico e não quero que destruam esta beleza onde nós vivemos”, explica uma senhora.

O primeiro-ministro belga, Charles Michel, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, também se deslocaram à praça onde deixaram uma homenagem às vítimas.

Os dois deram um abraço depois de acenderem velas.