Última hora

Última hora

David Cameron pede unidade europeia face ao terrorismo

David Cameron reagiu, depois dos ataques terroristas desta manhã em Bruxelas, com um balanço até agora de mais de 30 mortos. O primeiro-ministro do

Em leitura:

David Cameron pede unidade europeia face ao terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

David Cameron reagiu, depois dos ataques terroristas desta manhã em Bruxelas, com um balanço até agora de mais de 30 mortos.

O primeiro-ministro do Reino Unido realçou a necessidade de uma posição europeia coesa: “Estes ataques foram na Bélgica, podiam ter sido no Reino Unido ou em França ou na Alemanha ou noutro sítio na Europa.Precisamos de estar juntos contra estes chocantes terroristas e de nos certificarmos de que eles não vão ganhar nunca. Também me certifiquei de que oferecemos todo o apoio às forças de segurança belgas nesta altura.
Obviamente, ainda estamos a receber informação e se houvesse algum indício de ameaça directa ao Reino Unido, subiriamos o nível de segurança para ainda mais alto do que está hoje.”

O sublinhar inglês da unidade europeia na luta contra o terrorismo alinha-se com outras posições oficiais, nomeadamente a do primeiro-ministro belga, Charles Michel, que após os ataques pediu calma e solidariedade, numa resposta europeia face à ameaça terrorista.