Última hora

Última hora

Suspeito detido em Anderlecht não é Najim Laachraou

Contrariamente ao que tinha sido avançado pelo jornal belga DH, o homem detido esta quarta-feira em Anderlecht não é Najim Laachraou, também

Em leitura:

Suspeito detido em Anderlecht não é Najim Laachraou

Tamanho do texto Aa Aa

Contrariamente ao que tinha sido avançado pelo jornal belga DH, o homem detido esta quarta-feira em Anderlecht não é Najim Laachraou, também conhecido como Soufiane Kayal, o belga mais procurado pela polícia depois dos atentados terroristas em Bruxelas.

O belga de 24 anos tinha sido identificado como cúmplice de Salah Abdeslamm, um dos responsáveis dos ataques terroristas de 13 de novembro em Paris, no qual morreram 130 personas, pois foram detetados traços do seu DNA no material explosivo utilizado. Depois dos atentados em Bruxelas, as forças anti-terrorismo intensificaram a caça a Laachraou.

Nascido a 18 de maio de 1991, Najim Laachraou partiu para a Síria em fevereiro de 2013,com o nome de guerra “Abou Idriss” e era procurado pela polícia belga desde 4 de dezembro. A comuna de Schaerbeek erradicou o seu registo do domícilio familiar em fevereiro de 2015. Foi controlado sob a falsa identidade de Soufiane Kayal em setembro na fronteira austro-húngara na companhia de Salah Abdeslam e de Mohamed Belkaid, um argelino de 35 anos abatido pela polícia em Forest. Laachraou recrutou muitos dos seus amigos para combater nas fileiras do Daesh na Síria.