Última hora

Última hora

Bruxelas: Dois bombistas podem estar a monte

Pode ter havido um segundo bombista no metro, o que eleva para cinco o número de participantes.

Em leitura:

Bruxelas: Dois bombistas podem estar a monte

Tamanho do texto Aa Aa

Em Bruxelas, continua a caça ao homem pelo terceiro homem a participar nos atentados no aeroporto, ainda não identificado, que não se fez explodir, ao contrário dos outros dois, que terão morrido nos ataques.

Quanto à bomba no metro, os meios de comunicação belgas falam agora de um possível segundo implicado, o que eleva para cinco o número de participantes, dos quais três se fizeram explodir e dois podem continuar a monte.

Os bombistas do aeroporto serão Ibrahim El Bakraoui, um de dois irmãos que participaram nos ataques – o outro, Khalid, fez-se explodir no metro – e Najim Laachraoui, que segundo as autoridades terá sido o fabricante das bombas.

Um dos dois irmãos tinha sido deportado da Turquia para a Europa, há cerca de um ano, depois de ter tentado entrar na Síria. A polícia belga sabia que estava ligado ao grande banditismo, mas negou saber que tinha intenções terroristas.

Esta quinta-feira, Salah Abdeslam, suspeito de ter participado nos atentados de Paris, a 13 de novembro, tem a primeira audiência no tribunal, depois de ter sido detido na semana passada. Abdeslam nega que soubesse antecipadamente dos atentados de Bruxelas. Diz que soube pela comunicação social, como toda a gente.