Última hora

Em leitura:

Terrorismo: Ministros europeus unidos na necessidade de reforçar partilha de informação


A redação de Bruxelas

Terrorismo: Ministros europeus unidos na necessidade de reforçar partilha de informação

Reunidos de emergência em Bruxelas, no rescaldo dos atentados terroristas desta semana na capital belga, os ministros do Interior e da Justiça da União Europeia mostraram-se a favor da necessidade de melhorar a partilha de informação privilegiada e de implementar decisões para fazer frente à ameaça terrorista.

“Uma questão bastante importante é a que está relacionada com a total partilha de informação judicial. Todos os dias percebemos, no quadro do que aconteceu em Paris e em Bruxelas, como é importante que os nossos serviços de inteligência, os nossos serviços judiciais, troquem toda a informação relevante que é requerida”, sublinhou, no final do encontro, o ministro belga da Justiça, Koen Geens.

O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, reforçou que a diretiva PNR – Registo de Identificação de Passageiros, para fazer frente ao crime e ao terrorismo, deve ser implementada o quanto antes: “Insisto na necessidade de reforçar os controlos nas fronteiras externas da União Europeia. […] Isso exige que os Estados-membros adaptem rapidamente os aeroportos a estas circunstâncias.”

James Franey, euronews – Apelar a uma maior partilha de informação e a uma melhor cooperação em matéria de terrorismo não é novo. A União Europeia já o fez anteriormente na sequência de ataques terroristas no velho continente. O problema é que se trata de um domínio egoisticamente guardado pelos Estados-membros da União Europeia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

A redação de Bruxelas

Elementos da comunidade muçulmana de Bruxelas demarcam-se de ideais terroristas