Última hora

Última hora

Assad derrota jihadistas em Palmira, exército iraquiano avança sobre Mosul

Palmira está de novo nas mãos do regime sírio. Apoiado pela aviação russa e pela milícia xiita libanesa do Hezbollah, o exército de Bashar al-Assad

Em leitura:

Assad derrota jihadistas em Palmira, exército iraquiano avança sobre Mosul

Tamanho do texto Aa Aa

Palmira está de novo nas mãos do regime sírio. Apoiado pela aviação russa e pela milícia xiita libanesa do Hezbollah, o exército de Bashar al-Assad expulsou os jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico, que desde maio de 2015 ocupavam a cidade.

A recuperação de Palmira é a maior vitória das forças leais a Assad contra os extremistas do Daesh desde o início da intervenção militar russa, em setembro.

De acordo com um dos oficiais sírios, foi libertado o castelo Qalaat Fakhr ad-Din al-Maani:

“Esta vitória aconteceu graças à determinação dos soldados em combate. Libertámos o castelo de Palmira e as milícias juhadistas estão em retirada em direção a Raqqa e Deir al-Zor”.

Entretanto, as tropas iraquianas avançam para recuperar Mosul, a capital da província de Nínive, no norte do país, que está nas mãos do Daesh desde junho de 2014.

O exército iraquiano conta com o apoio dos combatentes peshmergas curdos da região autónoma do Curdistão, da coligação das milícias xiitas e da aviação norte-americana.

As tropas curdas peshmergas libertaram, há alguns dias, 52 mulheres e crianças que os jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico mantinham presos.