Última hora

Última hora

Fidel diz que palavras de Obama são impróprias para cardíacos

Fidel Castro não gostou do discurso de Barack Obama durante a visita a Cuba, mas a opinião do homem que ficou conhecido como o pai da revolução só

Em leitura:

Fidel diz que palavras de Obama são impróprias para cardíacos

Tamanho do texto Aa Aa

Fidel Castro não gostou do discurso de Barack Obama durante a visita a Cuba, mas a opinião do homem que ficou conhecido como o pai da revolução só agora foi tornada pública.

Num artigo divulgado, esta segunda-feira, ex chefe de Estado cubano defende que as palavras “melosas” de Obama são impróprias para cardíacos e que os cubanos correram riscos ao ouvir o presidente dos Estados Unidos.

Fidel acrescenta que Cuba “não precisa de presentes do Império” e que o único compromisso que tem é com “a paz e a fraternidade.”

O presidente norte-americano deixou Cuba na terça-feira, depois de uma visita histórica de três dias onde defendeu a aproximação entre os dois países.

Depois de décadas de hostilidades, os Estados Unidos e Cuba deram um passo rumo à reaproximação no final de 2014 com o início da normalização das relações bilaterais.

Obama foi o primeiro líder norte-americano a visitar o país nos últimos 88 anos.