Última hora

Última hora

Governador norte-americano veta lei que discriminaria homosexuais

O governador do estado norte-americano da Geórgia, o republicano Nathan Deal, anunciou, segunda-feira, que vai vetar o projeto de lei estadual da

Em leitura:

Governador norte-americano veta lei que discriminaria homosexuais

Tamanho do texto Aa Aa

O governador do estado norte-americano da Geórgia, o republicano Nathan Deal, anunciou, segunda-feira, que vai vetar o projeto de lei estadual da chamada lei de liberdade religiosa, que colocaria em causa direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transgénero.

A lei daria cobertura a uma série de práticas de exclusão tomando como base qualquer fé contrária à homosexualidade.

Por exemplo, sob esta lei, organizações religiosas passariam a ter liberdade para despedir um empregado cujas crenças fossem contra as da organização.

Atores e realizadores de Hollywood, e gigantes como a
Disney, Marvel, Google, Coca-Cola e a NFL (liga d futebol americano) ameaçaram com retaliações caso a lei fosse aprovada.

““Para aqueles que na comunidade religiosa têm recorrido a insultos que questionam as minhas convicções e meu caráter, e para aqueles que dentro da comunidade empresarial têm feito ameaças de retirar postos de trabalho do nosso estado, eles devem saber que não respondo muito bem a insultos ou ameaças,” afirmou o governador Nathan Deal

Entretanto, na Carolina do Norte, várias iniciativas legais foram tomadas contra uma nova lei que proíbe as pessoas transexuais de escolherem as casas de banho compatíveis com a sua identidade de género.

Os opositores estão a processar o Estado; argumentam que a medida é inconstitucional e deve ser bloqueada pelo tribunal federal.