Última hora

Última hora

Antigo número dois do Vaticano envolvido em alegado financiamento ilícito

O Vaticano está a investigar o alegado financiamento ilícito de trabalhos de renovação de um apartamento de luxo onde vive um antigo secretário de

Em leitura:

Antigo número dois do Vaticano envolvido em alegado financiamento ilícito

Tamanho do texto Aa Aa

O Vaticano está a investigar o alegado financiamento ilícito de trabalhos de renovação de um apartamento de luxo onde vive um antigo secretário de Estado, o cardeal Tarcisio Bertone.

A informação foi confirmada pelos serviços de imprensa do Vaticano, depois de um artigo comprometedor publicado pelo semanário italiano L’Expresso.

Acusado de viver luxuosamente, o cardeal confirmou ter despendido 300 mil euros para renovar o imóvel que pertence ao Governo do Estado da Cidade do Vaticano.

Uma fundação ligada ao hospital pediátrico romano Bambini Gesú terá acrescentado mais cerca de 200 mil euros para as obras.

O cardeal sempre afirmou desconhecer esse financiamento, mas em dezembro doou 150 mil euros ao hospital, o que foi visto como uma compensação.

Na quinta-feira, o jornal L’Expresso publicou documentos que provarão que Tarcisio Bertone estaria ao corrente de tudo.

No inquérito, duas personalidades são visadas: o antigo diretor do Hospital, Giuseppe Profiti, e o tesoureiro, Massimo Spina.

Entre os documentos publicados pelo jornal, está correspondência trocada entre o cardeal e o ex-diretor do hospital.