Última hora

Última hora

Barack Obama: "A ameaça do terrorismo nuclear persiste"

O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, considera que foram feitos progressos em relação à segurança nuclear, na 4.ª Cimeira sobre

Em leitura:

Barack Obama: "A ameaça do terrorismo nuclear persiste"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, considera que foram feitos progressos em relação à segurança nuclear, na 4.ª Cimeira sobre o assunto, em Washington.

Point of view

Reduzimos bastante o risco, mas a ameaça do terrorismo nuclear persiste.

Obama adverte, no entanto, que existe ainda risco de atentados terroristas nucleares. “Ao trabalharmos juntos, as nossas nações fizeram com que se tornasse mais difícil aos terroristas acederem a material nuclear. Reduzimos bastante o risco. Mas, como discutimos ontem à noite, ao jantar, a ameaça do terrorismo nuclear persiste”, sublinha Obama.

O presidente norte-americano espera que o tratado ratificado por 102 nações contra a proliferação de armas nucleares seja colocado em prática em breve.

À margem da cimeira, depois das queixas de Teerão sobre a lentidão do levantamento das sanções internacionais, Barack Obama disse que vai demorar algum tempo até o Irão reintegrar a economia mundial.

Num encontro com o presidente chinês, Xi Jinping, Obama falou sobre disputas marítimas internas, do país asiático, e sobre direitos humanos.