Última hora

Última hora

Paris: Polícia dispersa protesto "noite de pé"

As autoridades francesas desalojaram um grupo de cerca de 100 manifestantes que passou a noite na Praça da República em Paris, a prolongar o protesto

Em leitura:

Paris: Polícia dispersa protesto "noite de pé"

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas desalojaram um grupo de cerca de 100 manifestantes que passou a noite na Praça da República em Paris, a prolongar o protesto de quinta-feira contra a reforma da lei do trabalho.

A evacuação foi feita de forma pacífica, mas os manifestantes, a maioria estudantes, prometeram regressar esta sexta-feira para outro protesto chamado “noite de pé”.

De pé contra a reforma da lei do trabalho.

“É simplesmente aberrante. E este bloqueio é uma demonstração de força que permite mostrar que estamos cá, que somos jovens, e que estamos fartos desta lei que é totalmente aberrante, criada pelos tipos do Partido Socialista. Há três anos as pessoas votaram pelo PS e hoje estamos, aqui a fazer um bloqueio, é uma lei a favor dos patrões, não vale nada”, afirma um jovem.

Na quinta-feira milhares de pessoas manifestaram-se em várias cidades de França, por vezes com violência, contra a revisão do Código do Trabalho que acusam de favorecer a precariedade.

“Os pequenos trabalhadores são considerados uma porcaria e agora estamos fartos, e isso acontecer com o Holande, que se diz de esquerda. É a lei do futuro dos nossos jovens e tudo isso, mas quando vemos eles nas faculdades, sentados no chão… até o meu cão tem uma manta para estar, não está bem. Dizem aos jovens para estudar durante anos e para quê? Para quê se depois acabam desempregados?”, questionava um manifestante.

Entre 390 mil pessoas, segundo as autoridades, e 1,2 milhões, de acordo com os sindicatos, saíram à ruas em contestação na quinta-feira.

Os sindicatos anunciaram novos protestos para os próximos dias 5 e 9.