Última hora

Última hora

Síria: pressões aumentam sobre grupos extremistas

Forças sírias anunciaram a descoberta de uma vala comum na cidade histórica de Palmira contendo pelo menos 40 cadáveres, na sua maioria mulheres e

Em leitura:

Síria: pressões aumentam sobre grupos extremistas

Tamanho do texto Aa Aa

Forças sírias anunciaram a descoberta de uma vala comum na cidade histórica de Palmira contendo pelo menos 40 cadáveres, na sua maioria mulheres e crianças.

A localidade foi recapturada às forças do grupo Estado Islâmico no domingo passado por forças governamentais sírias.

Ainda na Síria, ativistas dos direitos humanos anunciaram que insurgentes, incluindo o ramo sírio da rede Al-Qaida, teriam capturado a localidade estratégica de Tel el-Ais, a sul de Aleppo, que se encontrava sob controlo das forças governamentais.

A localidade situa-se próximo a uma via de acesso estratégica que liga Aleppo e a capital, Damasco.

Este sábado, os Estados Unidos, confirmaram que dezenas de forças rebeldes sírias estariam a receber formação para combater o grupo Estado Islâmico.

“Dezenas de indivíduos estão a ser treinados de momento. Estamos a falar de indivíduos e não de unidades. Trata-se de escolher alguns indivíduos, oferecer-lhes formação e capacitação e depois reenviá-los para o campo de batalha”, adiantou o coronel norte-americano Steve Warren.

Finalmente, no Iraque, forças da coligação publicaram este sábado imagens que mostram a destruição da sede do grupo estado islâmico em Mosul. As imagens teriam sido filmadas no dia 19 de março.