Última hora

Última hora

Iraque: as armas controladas à distância pelo Estado Islâmico

Um olhar inédito às táticas dos extremistas do Estado Islâmico no Iraque: nas trincheiras com uma unidade de combatentes curdos, o correspondente da

Em leitura:

Iraque: as armas controladas à distância pelo Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Um olhar inédito às táticas dos extremistas do Estado Islâmico no Iraque: nas trincheiras com uma unidade de combatentes curdos, o correspondente da euronews Mohammed Shaikhibraim pode, este domingo, ver de perto armas controladas à distância que os “jihadistas” usam, nomeadamente, na região de Kirkuk.

On the frontline against ISIL. Our correspondent Mohamed SheikhIbrahim visits Kurdish military unit near Al Hawija,…

Posted by euronews on Monday, April 4, 2016

Entre elas, uma espingarda munida de uma câmara capaz de disparar a 360 graus. Um oficial curdo explica que “o Estado Islâmico usa esta arma como se fosse um francoatirador, colocada sobre uma placa giratória e controlada à distância. É usada como uma armadilha e matou e feriu vários soldados até, antes de ser capturada”.

Segundo os combatentes curdos, os “jihadistas” treinam cães especialmente para proteger este tipo de armas.

O correspondente da euronews, que acompanha atualmente uma unidade do braço armado do Partido da Liberdade do Curdistão, explica que a trincheira onde se encontra “é o ponto mais próximo de Al-Hawija, um enclave com forte presença do Estado Islâmico e, atualmente, um palco frequente de emboscadas”.